sábado, 24 de dezembro de 2016

Kamisama Hajimemashita – Personagens

Nanami

Determinada, atrapalhada, Nanami tenta dar seu melhor, apesar de na maioria das vezes as coisas não saírem como ela quer, porém deve ser realmente difícil ser a única humana no meio de tantas divindades, ainda mais quando o poder dela é fazer amuletos de papel. Mesmo sendo rejeitada quase todo o tempo por esse meio, ela mantem seu foco, prometeu cuidar do templo então vai cuidar do templo, faça chuva, faça sol, lá está Nanami, teimosa, e deixando tudo funcional, e claro, ainda tem que lidar com a escola, pois ela ainda é estudante.
Ah claro, a culpa disso tudo é de seu pai, viciado em jogos, que perdeu todo o dinheiro, inclusive a casa, deixando-a sem um teto, e foi então que apareceu Mikage-sama, que após ser ajudado pela garota resolve lhe "dar" (tá mais para emprestar) o templo.

Tomoe


É um youkai do tipo raposa, com um humor interessantemente ácido, rabugento, mandão e temperamental, basicamente este é Tomoe. Apesar dos pesares ele tem coração mole, não com todo mundo, mas com quem interessa.
Tem uma relação conturbada com Nanami de início, mas com o tempo acaba por ceder, e assim desenvolve um sentimento de cuidado para com ela, embora seja um pouco difícil para ambos admitirem, principalmente por serem tão teimosos. Ele tem um passado do qual não se lembra, o que ocasionalmente acaba se tornando um problema (muito mais no mangá do que na etapa que anime ainda se encontra).

Mikage



O deus que acolheu Nanami, "acolheu", deu o endereço e depois desapareceu, aparecendo as vezes para (causar bagunça) aconselhar a jovem deusa humana. Durante o anime ele permanece misterioso, afirmando não ser a hora de reencontrar Tomoe, pois havia muitas coisas a qual ele tinha que aprender, e quem deveria ensina-lo era ela.
Mikage é um deus gentil, e sábio, apesar de também parecer um tanto atrapalhado as vezes.

Mizuki


Um familiar que perdeu sua deusa, apesar de ter aparecido no anime de um jeito bem "agressivo" (assediando Nanami), demonstrou ser exatamente o oposto disso, meigo, preocupado e definitivamente avoado, tem uma relação torta com Tomoe, bem torta, os dois não se dão, mas no final, Misuki sempre acabava dando conselhos a raposa rabugenta sobre Nanami, e muitas vezes deu bem certo.

Otohiko


Também é um deus, e foi designado a testar Nanami, não simpatizou com ela logo de cara, demorou um tempo, até que ela se demonstrasse capaz. Otohiko é chamado pela Nanami de " Ele-Ela-sama" ou "senhor-senhora-senhor", pela confusão que ela faz com seu gênero/sexo.
Ele não exatamente a pessoa mais gentil do mundo, mas mesmo assim é um senhor-senhora legal.

Ookuninushi


Rei dos deuses, personalidade duvidável...
Encarregou Nanami de uma tarefa além do que ela seria capaz, e embora tenha sido um problemão, ela acaba por se sair bem, conquistando sua confiança, e também o fazendo cumprir para com seu acordo. (que acordo veja no anime, 2° temporada ;D)

Kurama


É um Tengu, mas diferente de seus familiares não mora no seu lugar de origem, após uma briga familiar fugiu par ao mundo humano, onde permaneceu. Estuda no mesmo colégio que Nanami, e atualmente é um ídolo teen, ele canta (ou tenta), e é basicamente aclamado pelas garotas.
Sua personalidade é semelhante a de um astro pop convencido, apesar dele ser bom, tenta se passar por ruim algumas vezes.

Mamoru


É o shinigami da Nanami, na verdade, apesar de ser um macaquinho ele saiu de um ovo, do qual ela tinha que cuidar e digamos que também não deu muito certo... Ele a ajuda a fazer limpezas espirituais, e de início não gosta nem um pouquinho de Tomoe e-e'.
Além de sua forma pequenininha casual, também pode se transformar em um garoto.

Akura-ou

Ex parceiro de Tomoe, foi condenado ao limbo, onde se encontra seu corpo, com a ajuda de Nanami tenta recupera-lo (sem o consentimento dela, sem nem ela saber na verdade), ele gosta do antigo Tomoe, que despreza os seres humanos(apesar de sabermos que não tem desprezo nenhum, e sim um ressentimento), na atualidade ele utiliza de um corpo humano, Kirihito, um garoto que estava para morrer, e então ele se apossou desse corpo, e foi nesse corpo que Akura começou a desenvolver sentimento aos humanos, não só por conta de Nanami, mas também pela mãe de Kirihito.





quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Kyoukai no kanata – Galeria de Imagens

São 20 imagens num todo, eu peguei mais que na última galeria porque eu tenho um carinho muito grande por esse anime aqui :B
Espero que gostem, e como sempre, sem enrolação, boa galeria ^u^

Sem palavras.


Olha esse bolo, que fome ;u;

Veja o post até o final ;D

domingo, 18 de dezembro de 2016

Um jogo para variar – Escape/Psionicgames

Eu gosto de jogos de escape, que se você não sabe o que é, são basicamente jogos em que você está preso em um lugar e precisa descobrir como sair, através de puzzles (quebra cabeças) e, ou pistas. Tem de diversos temas, sendo o mais famoso o ramo do terror (que é minha preferência), mas para os que não gostam é comum ter fulgas de prisões ou tipos mais leves.

Vou recomendar um site em específico, porque gosto muito dos jogos dele, são bem feitinhos, e os puzzles costumam ser bem legais, apesar de estar em inglês não vejo tanta dificuldade por base disso, a maioria das coisas você só precisa ter o mínimo de massa cinzenta para assimilar... (oh, tem um parafuso, do que será que eu preciso para tirar eles?? ...).
Psionic Games(~clique para jogar) tem algumas séries de jogo de escape, sendo elas, Being One (minha favorita), Serial killer (também bem legal) e Ghostscape (não é uma série, mas o jogo possui uma outra opção, o jogo 3D que você tem que baixar)... Lembrando que é tudo de graça e online.

Vou falar um pouquinho de cada série :B


Apesar de não ser uma série(ou seja, tem apenas um jogo), é meu favorito em mecânica, pois você pode tirar foto, e presenciar "paranormalidades", além do que, eu gosto de puzzles que te dão chaves para abrir portas e-e', tem sempre uma historinha, que eu não leio por preguiça mesmo, mas o jogo mesmo sem ela já é legal, então vale a pena conferir.



Being One conta uma série de "ocasiões" que envolvem alienígenas, ou mais especificamente, experiências que não deram lá muito certo, eu acho o nível de Being bem fácil, com alguns salves, ele possui 6 episódios(jogos) se não me engano, e o segundo é o meu favorito ♥


Na minha opinião o mais difícil dentre eles, mas, se você pensar por outro lado, o mais desafiador... Eu li uns trechinhos da história, e é legal, bem facinha de entender. Até agora possui três episódios(jogos), e talvez um dia o criador nos traga um quarto...

OBS's:. 
  • Todos os jogos possuem solução no youtube, e nenhum deles tem algum bug que comprometa seu desempenho.
  • Alguns dos jogos tem sistema random, ou seja, os objetos mudam de lugar, ou a senha é diferente, mesmo assim nada de muito "oh meu Deus o que eu faço agora??".
  • São jogos escuros, mas não acho que deem medo.
  • Alguns dos jogos possuem animações, como se fosse um filminho, e apesar de simples, são bem legais, ainda mais para um jogo grátis online.
É isso minna, continuem aproveitando o especial de natal :B





quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Especial personagens – Yato - Noragami

Todas as vezes que vou fazer um especial de personagens eu fico pensando em qual e o motivo pelo qual vou escolhe-lo, no geral é complicado e-e', mas hoje nem foi tanto... hm.


Yato é um deus, um deus muito pequeno, mas muito pequeno mesmo, não tem um templo, então ele basicamente não tem onde morar.


Possui um passado obscuro, do qual sempre fazem questão de lembra-lo, "recentemente" Yato admitiu que gostava de matar, que não era um problema para ele, e que ele nunca parou, imagino o quanto de coragem ele não teve que reunir para fazer isso, visto que a gente não costuma associar o Yato a sanguinolência, e sim as caretas e o jeito bobo e divertido dele. Yaboku é seu verdadeiro nome, que nos foi revelado por Hyori, quando ela precisava chama-lo para que ele saísse basicamente, do limbo, mas ele nunca havia
contado a eles, o fato dela ter acertado, além de pura sorte pode ter sido outra coisa? Talvez.

Para mim o motivo de Yato ser tão alegre e espontâneo a maior parte do tempo é a maneira que ele encontra de distrair a si mesmo, e ao mesmo tempo, tentar fazer as pessoas que ele gosta se divertirem, o que geralmente funciona, mas é só a coisa ficar séria, que ele muda, mostrando que ao contrário do que parece, ele não é imaturo.


E foi por isso que o escolhi para esse especial , Yato é corajoso, sincero, e procura fazer sempre o que acha certo, por mais que pareça ser loucura!

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Tutorial rosto SUPER fácil!! – por mim mesma ;D

Desculpa pela qualidade da imagem, mas é o que tem pra hoje qq
Editei tudo no celular, e até que não ficou tão ruim (tão) e-e'', mas enfim, eu não acho que tenha tutorial mais fácil por ai do que esse, pois eu já vi quase todo tipo, claro que tem mais detalhados, mas não é essa a ideia, a ideia é fazer um desenho bonitinho e MUITO simples, e da pra fazer qualquer personagem utilizando ele(acho que homens e mulheres bombados não ein).


Esse é o desenho que vou ensinar nesse post, eu colori ele depois de fazer tudo, mas não vou ensinar a colorir pois já tem bons e simples tutoriais de como fazer isso, e eu não sou exatamente boa nisso, tão fico devendo a cor ;u; , BORA APRENDER A DESENHAR OLHOS, BOCA, NARIZ E ROSTO!

sábado, 10 de dezembro de 2016

Owari no Seraph – Galeria de imagens

São 15 imagens no todo, selecionadas a dedo por minha pessoa u-u
A maioria das imagens está em boa qualidade, e apesar de as vezes parecerem pequenas elas só parecem mesmo e-e'' Aproveitem a galeria, bOI (jeito de dar tchau das temmies ~Undertale)

Quase uma guerra civil, olha só, até amigos eles são...

Eu gosto dele '3'

As vezes a pintura simplesmente não faz falta

 Para continuar vendo todas basta seguir o link "continue lendo" ;D

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Anunciando o Especial de Natal!

Ano passado eu meio que tentei fazer um, onde eu postei tutoriais de como desenhar mangá, mas não ficou exatamente no formato que eu queria, esses ano aqui vamos nós tentar outra vez.


Listinha de natal 2016 

Dias: 

10 - Galeria de imagens
13 - Tutorial de desenho
15 - Especial personagem
18 - Um jogo para variar
21 - Galeria de imagens
24 - Personagens de algum anime

(após tudo ser postado, a lista acima será "linkada" com os respectivos posts)


É muito raro eu fazer tantos posts próximos uns dos outros, e vai dar um certo trabalho, espero que apreciem o bônus natalino 



terça-feira, 15 de novembro de 2016

Namaikizakari - Mangá

Eu não costumo ler mangás, porque toma muito tempo, e eu sou do tipo ansiosa, ou seja, mal começo e já estou terminando... enfim, existem duas obras exclusivas em mangá que li, essa e uma que ainda falarei, os outros dois foram, Bokura e Ao Haru, ambos com animes (pelo menos do inicio da obra).

Ao que interessa:

Sinopse:

Yuki-senpai é estudante do segundo ano do ensino médio, e entra para ser assistente do clube de basquete, por seu """crush""" que está nele, Kido-senpai. Yuki é diferente das garotas normais, ela é séria, dedicada e muito firme na maior parte do tempo, parte disso tem relação por ela ter muitos irmãos (não vou spoilar sobre, pois perderia parte da graça :B ), tudo ia razoavelmente bem, até que Naruse, um estudante do primeiro ano resolve que se apaixonou por ela. Naruse é do tipo "bad-boy", e Yuki definitivamente não acredita nos sentimentos que ele diz ter por ela, e assim começa um tipo esquisito de guerra entre os dois, enquanto ela apenas quer fazer seu trabalho em paz, ele a perturba o máximo que pode, sempre.


Minhas impressões (sem spoiler):

Personagens: Basicamente, temos dois protagonistas e um pseudo, eles são desenvolvidos de boa forma, e muitos secundários, muitos, estamos falando de clubes de basquete afinal e-e', e de alguma forma, eu acabei me apegando a muitos deles, mesmo eles não sendo assim "importantes", até lembro de nomes, ou seja, o mangá cumpre bem seu papel para com os personagens.

História: Sim, envolve esporte, basquete no caso, e eu confesso não ser fã do gênero, MAS, mas calma, o jeito como é apresentado no mangá, é interessante, eu realmente gostei, queria saber como iria progredir, até torcia nos jogos (!), muito interessante a forma como da pra aprender um pouco sobre, apenas lendo.

Traço/ roteiro no geral(forma de apresentação): O traço é bem bonito, pelo menos na minha opinião, tem bastante chibi e caretinhas nos cantos das falas (que eu também acho muito legal), só que tem texto para caramba, muito texto, no geral isso é ótimo, acrescenta mais detalhes e torna a leitura mais longa, porém, também mais cansativa, não um ponto negativo no final das contas, só um detalhe.

Conclusão: Excelente mangá, ri muito nele, muito mesmo e-e... Ainda está em lançamento, o último que li foi o 47, e são muitas páginas por edição (por volta dos 30 se não me engano), então vai levar um tempo até você terminar, a não ser que resolva fazer uma maratona a pão e água...

* pequenos spoilers, leia se quiser*

O legal da história é ver como duas pessoas tão diferentes podem mudar seus pontos de vista, ou no caso, Yuki muda a dela, ela sempre acha que Naruse está pensando apenas nele mesmo, sendo egoísta, mas na verdade, ele faz o oposto disso, e ver isso acontecendo aos pouquinhos é realmente muito interessante, além do amadurecimento nítido de ambos, de um jeito estranho, você aprende muitas coisas importantes durante a leitura ♥



terça-feira, 8 de novembro de 2016

One Piece - Gifs em ação!

Hello minna! Eu não sou conhecedora do mundo de OP, até conheço alguns personagens e pá, mas não passa muito disso, então não farei comentários durante o post!

Meu amigo que vê me passou um gif, e achei interessante, por isso trouxe alguns aqui para vocês, esse conceito de imagem "3D" é bem legal neh? :v uma falsa noção de movimento, deve ser tão legal fazer como é ver ♥

Acredito que o dono seja essa pessoa: Starterpak
(Nesse link você também pode encontrar outros gif, ou baixa-los em alta resolução)

Para continuar vendo clique em " Continue lendo", são 8 gifs no total.

Post simples, mas de qualidade, qualquer erro nos créditos só me avisar, kissus e bye ~



quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Orange - Introdução

Sinopse
Antes de tudo, se você não sabe nada sobre o anime, eu aconselharia nem ler a sinopse, ou nada a respeito, é muito mais impactante quando você simplesmente assiste, que foi o que aconteceu comigo.
Naho é uma aluna do ensino médio, ela recebe no primeiro dia de aula (chamado de "cerimônia" no Japão), dizendo que nesse dia chegaria um aluno novo, e então seus amigos o convidariam para saírem depois da escola, porém, a carta dizia claramente, "não o convide hoje", Naho não acreditou nem desacreditou na carta, e tudo aconteceu como estava escrito, logo depois, o tal aluno novo faltou vários dias consecutivos.
Seu nome é Kakeru, transferido de Tokyo, para esta escola no interior, Kakeru é um garoto sorridente, e parece ser alegre a maior parte do tempo, porém é diferente do que se diz na carta, e também diferente sobre a realidade que já é escancarada logo nos 2 primeiros episódios. (que mesmo sendo no começo, eu não vou dizer o que é u-u )



Impressões

História: É fantástica, te garanto que é difícil escolher um lado nisso, e também tem uma narrativa totalmente nova (pelo menos pra mim), misturando cenas do futuro, que fazem completamente parte do contexto, umas vez que elas não são apenas de enfeite, elas complementam o todo.

Trilha sonora: Não me lembro muito bem das durante o anime(o que significa que não me marcaram), mas a end eu gosto bastante, e da op também, mas a op eu não gosto dos primeiros segundos, porque, bem, me lembra abertura de novela de gado, sabe gente, pantanal, sei lá kkkk

Personagens: Eu adoro eles, mesmo, MESMO, confesso que fiquei com um pé atrás com a Naho um bom tempo, o meu favorito é o Suwa, *cof, nem todos são bem aprofundados, não vou mentir, mesmo assim você consegue sentir que os conhece, pelo menos o suficiente para se apegar a eles.

Conclusão: O anime é muito bonito, e trata de um assunto um tanto delicado, e não é para todas as pessoas, se você não sabe se colocar no lugar deles, ou sentir o que eles querem emitir, provavelmente esse anime pode ate ser chato, mas para mim que consigo fazer isso até bem de mais, me dava uma agonia sem fim, então é, o anime é bem, bem triste, embora seja essa parte da ideia que ele quer passar, e tem seus momentos alegres também. É difícil não spoilar nada, gomen e-e', enfim, eu recomendo muito esse anime, muito mesmo, mas tenha em mente que ele não é de comédia, e vai machucar seu kokoro ♥

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Fairy tail – Galeria de imagens

Hello minna san, uma galeria FT selecionada pra vocês, provavelmente a 1 de 5, eu gosto bastante desse anime e pretendo trazer mais imagens depois :B
BORA COMEÇA ESSA GALERIA ÒuÓ
Esses meios de transporte... são muito... incomuns...
Agora é cannon, kawaii desuu
Imagem original do mangá '3'

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Um jogo para variar: Um site completo de avatares e mais!

Hoje eu não vou apenas reviver um gênero de posts aqui do blogs, mas vou indicar um site que tem, vou chamar de "ferramenta", muito legal, de criar avatares!
Você pode criar você mesmo, um personagem de anime, seu personagem, tanto faz, as ferramentas estão ai, use sua criatividade do jeito que quiser '3'

O site: Rinmaru games

E aqui mostro alguns dos jogos que tem lá e quem eu fiz e-e




Esta sou eu, mesmo com 18 anos tenho cara d 14 ;D
~ Link desse jogo ~
Undyne ♥
~Link desse jogo ~
Um personagem meu aleatório '3
~ Link desse jogo ~
 

De todos os jogos que eu citei aqui, o segundo é o que tem mais possibilidades de criação, e ele constantemente vem sendo atualizado, com mais coisas :B
Um post rápido, mas espero que interessante u-u ~

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Magi the labyrinth of magic - Introdução


Sinopse:

 Aladin é um garotinho mágico, mais especificamente ele é um "Magi", um mago, magos são seres capazes de utilizar o poder de rukh (não sei explicar o que é rukh ;u;), os humanos normais também são, mas de maneira muito limitada, além de precisarem de um "recipiente de metal", para poderem controlar essa magia. Enfim, Aladin cruza o caminho de Alibaba, um garoto que vive de maneira ridícula, servindo a um homem mal, Alibaba tem o sonho de entrar em um dos labirintos, uma torre de "desafios mortais", digamos assim, e quem conseguir conquista-las terá direito a todo o tesouro que lá existe, e um recipiente de metal (esses recipientes são o lar dos gênios que residem nas torres), enfim, Aladin ajuda Alibaba, e juntos conquistam a primeira torre. O mundo de Magi porém, está em eterno conflito, onde tanto Aladin, que sequer sabe quem ele mesmo é, e Alibaba, um garoto com um passado misterioso, Morgiana, uma ex escrava dotada de grande força, terão que unir forças para passar por todos os obstáculos que aparecerem.

Impressões:

História: A história é complexa, não é a toa que existem várias temporadas, sendo do passado, futuro, e etc, aliás eu acredito que todas sejam boas, como essa foi. Ela gira em torno de política, de um jeito bem interessante, sobre laços, escravidão, antiguidade, lendas, é bem mista, e consegue misturar tudo isso sem ficar "sobrecarregado".
Personagens: Mesmo aqueles que aparecem pouco são interessantes, eles são bem aprofundados, transmitindo a emoção que era necessária de ser passada, são carismáticos e muitas vezes misteriosos, prendendo bem a atenção.
Cenário: Acrescentei esse tópico só para dizer que eu acho a ambientação muito bonita, assim como o traço.
Conclusão: Magi tem um humor "xucro" quando se trata de ecchi, mas o restante do humor é bem interessante, e agrada provavelmente a todos os tipos de público, a trama em si é séria, mas dependendo da situação é aliviada pela personalidade de alguns personagens. Minha conclusão sobre o anime é que ele é excelente, e fico feliz em saber que ainda tem bastante sobre a obra para eu poder ver, recomendo para todos :B



domingo, 21 de agosto de 2016

6 anos de Blog!

Só pra constar, esse post está sendo feito com muuuuuita antecedência, uma vez que todo ano eu simplesmente tenho alzheimer("alzaimer"), e acabo por deixar pra lá.



Pensei no que eu poderia falar, ou contar para vocês a mais do que já disse em um post de aniversário, de 2013 ~ veja aqui ~, e também sobre a mascote do blog, também de 2013 ~ veja aqui ~

Então porque não falar dos anos, um de cada vez? Afinal, são 6!

Esse é um post sobre minha vida, pode parecer dramatizado em certos pontos, mas garanto não ser, escolham muito bem suas amizades, especialmente no ensino médio, e talvez esse post te faça refletir sobre sua vida na escola, e também depois de sair dela

2010
Nesse ano, era época de lan houses, não era muito comum ter um pc em casa, sei que pra geração mais novinha isso é estranho, mas você geralmente tinha que sair de casa para ter acesso a internet, o que não foi meu caso, em 2010 já fazia 4 anos que eu tinha um pc.
Só que em 2010 eu tinha 12 aninhos, awn q, e tudo que eu tinha na cabeça era abobrinha de criança.
A criação do blog foi mais ou menos assim, minha amiga veio aqui esse dia, e eu, feliz de ter conhecido os blogspots da vida, olhei pra ela e perguntei " — Ei, porque a gente não cria um também?", e foi simples assim, na verdade ela não se animou muito, mas tanto faz, ela nem via anime mesmo kkkk
O primeiro nome do blog não era otaku-sweet, era "adolescencia-manga", nem preciso falar que já naquela época dava vergonha desse nome, argh! Eu não lembro quando exatamente mudei o nome, porém otaku-sweet foi apenas um nome que me veio a mente, e eu achei que era legal.
No ano de 2010 tem 2 posts publicados, ambos já refeitos, tinha mais tá, eu provavelmente achei muito ruim, já anos atrás e apaguei.

2011
Olhando minhas publicações desse ano, eu aprendi o que é " Vocaloid ", pra vocês que são do mundo dos animes mas não sabem o que é, são cantores virtuais, ou holográficos, enfim, eles são cantores que não existem, e ainda estava presa a Inuyasha, provavelmente revendo pela milésima vez...


2012

Ano de descobrir mais sobre a cultura asiática, tal como as lolitas, que eu ainda acho muito fofas! Ano também de mais vocaloids, de animes novos, ainda poucos, nascimento das galerias de imagens e do fim do meu preconceito contra cosplays.
Eu realmente odiava cosplays, ver meus personagens representados por pessoas que não tem nada a ver com eles, só que na época eu não entendia bem as coisas, e que aquilo era cospobre, não desmerecendo o cospobre tá, é super lindo um cosplay bem feito, porém, aqueles que não tem money pra bancar uma roupa cara, lente, e peruca, demonstra que gosta do personagem do jeito que pode, acho super válido



sábado, 30 de julho de 2016

Arcana Famiglia - introdução




Sinopse:
Felicita é uma princesa, não uma princesa de castelo, e sim de lutadores com poderes ligados as cartas do tarot, seu pai é "Papá", o líder de todos, e possui mais de uma carta, o que é, tecnicamente um problema, uma vez que as cartas absorvem a vida daqueles que as usam, Felicitá, possui duas, mas usa corriqueiramente apenas uma. A trama gira em torno do Papá querendo um novo, para substitui-lo, devida a sua vida cada vez mais frágil, devido a tantas cartas, assim, ele propõem um torneio, onde o vencedor além de ganhar o título de líder, também ganha a mão da princesa.
A garota detesta a ideia e até desafia seu pai numa luta breve que em nada deu, durante os próximos episódios o passado e intenções de vários personagens vão sendo revelados, e na conclusão temos o torneio...

tira a patenha
Impressões:

História:É interessante, sem dúvidas, e diferente dos conceitos habituais a quais estamos acostumados, diria original, embora lembre alguns outros animes.
Os personagens são destaques, acredite em mim, vai ficar difícil escolher o seu favorito, a maioria deles é muito cativante, e são bem diferentes entre si.

Conclusão:Arcana não é um anime frufru, apesar de sua protagonista ser mulher, ela é forte e decidida, assim como os garotos que a acompanham, a trama é interessante e envolve do começo ao fim, tooooooodavia, eu tenho certeza que o mangá é muito mais completo, e já digo que quem terminar de ver o anime, vai ficar curioso para o que aconteceria a seguir, portanto, embora eu mesma não tenha lido ainda, recomendo o mangá, pois o anime é excelente.



sábado, 16 de julho de 2016

Sakurasou no pet na kanojo – Personagens


Hello minna, como vão?
Hoje trago os personagens de Sakurasou >w<
Para ler a introdução sobre o anime clique ~aqui~ 

Sorata

Sorata é um carinha normal, sem nenhum talento especial. 
Tem bom coração, mas não deixa de ter seus sentimentos egoístas, só que como ele mesmo demonstra, faz parte ter esses sentimentos para poder crescer. É um menino gentil, e que corre atrás de seus sonhos, é muito responsável, como podemos ver durante o anime, que ele cozinha, lava a roupa, arruma, e ainda cuida da nossa próxima personagem.
Sua relação com todos é boa, apesar dele ser tratado como um " bobão" pela maioria deles, e sempre acabar levando a culpa de tudo e-e'
  
 Mashiro
Muito talentosa, desde criança demonstrou ter a alma para pintura, onde destacou-se e tornou-se famosa pelo mundo, de início, Mashiro é como uma boneca, sem vida nos olhos, sem expressão, sem sentimentos, sua vida é a arte e o mundo real não faz parte dela. Todavia um sentimento nasce em seu peito, e as coisas passam a mudar muito a partir de então, ela aprende muitas coisas, e também passa a ter noção da realidade, o que na real, foi um choque para ela. 
Mashiro é extremamente dependente de todos, especialmente de Sorata, e muito ingênua perante ao que a rodeia, o que constantemente é um problema. 

segunda-feira, 11 de julho de 2016

TOP meus 10 animes favoritos!

Antes de mais nada, não ta na ordem, estão ai apenas os 10 animes que eu mais gosto, e é isso ai!
Para saber mais sobre anime, como sinopse (feita por mim), e as minhas impressões mais detalhadas sobre eles basta clicar no título colorido ^^


Inu Yasha


Inu Yasha, eu vi quando ainda era uma pirralha, nem sabia o que raios era um anime, mas fora isso, a história dele é muito boa, sem falar na quantidade de personagens incríveis que possui na obra, é um clássico, e meu anime favorito, por ser divertido, dramático, cheio de ação e decisões reais(o sentimento dos personagens é levado a sério).


Kyoukai no kanata


Da lista, junto com Sakurasou, foi o que mais me surpreendeu, eu não sabia que o criador de Kyoukai era o mesmo de Hyouka(outro anime fabuloso aliás), por isso fui com o maior descaso ver ele,e simplesmente me apaixonei, como eu disse em sua introdução, é uma obra de arte áudio visual.
Caso você esteja desmotivado, achando que a vida é preta e branca, faça um favor a si mesmo, e veja esse anime aqui, ele não vai dar tudo de graça para os personagens, e mesmo assim sua narrativa é divertida, bonita e inspiradora, com bons tapas na sua cara, pois a vida não é mole não, muito menos pra quem nem tenta.
Eu adoro, a comédia é ótima, as personalidades são marcantes e ótimas também, o emocional deles são muito bem trabalhadas, seguidas de uma trilha sonora maravilhosa. Noragami também é uma obra de arte, porém mais rústica do que Kyoukai.
O que dizer deste shoujo... eu poderia ter colocado Bokura aqui, mas eu gosto mais da Futaba do que da Nanami, pois Futaba é mais determinada, e cai menos que Nanami, eu entendo que em Bokura o tema é bem mais pesado, mas, ambos animes tem uma abordagem parecida, e eu acabei por me apegar mais aos personagens de Ao haru ride. (Sinto que o/a criador de Ao, se inspirou em Bokura e-e)
Eu quis morrer quando este anime acabou, não por ele ter acabado, e sim pelo choque de acontecimentos que foram jogados direto na minha cara, assim, tudo te leva a amar aquelas pessoas, a torcer por elas, para que elas fiquem bem, e a odiar o sistema em que eles vivem, e quem os controla, e a cada golpe que um deles leva, dói na gente, é terrível. O enredo deste anime é... muito bom, muito.
Eu ria tanto assistindo Kamisama, nossa kk e-e É um shoujo divertido, com dois protagonistas com gênio incrivelmente forte, o que faz da convivência deles ser algo insuportável, mas de alguma maneira, eles se amam, então, então eles tem que se aguentarem ueh! Kamisama tem cheirinho de Inuyasha, talvez uma inspiração? Talvez.
O anime mais cabeça da lista, com um enredo INACREDITÁVEL DE BÃO MIA GENTE, e é basicamente por isso que adoro tando Death Note, ele é uma iguaria no mundo dos animes.
Seguinte, esse anime aqui é cheio de ecchi, pras meninas, meninos, não importa, e eu não ligo, porque nesse anime tem o casal que eu acho, o mais, o mais "eu sinto muito", comassim?? Eles são tão diferentes, TÃO, que doí ver eles sofrerem, é triste sabe, e mesmo assim nenhum dos dois abaixa a cabeça, e não, não é um shoujo, e sim uma história que parece muito ter saído de um livro consagrado.
O que dizer desse anime que chegou causando, derrubando fronteiras e barreiras, afinal, cabelo representava poder no mundo dos animes, e Saitama realmente não se importa com isso! 
A dose de comédia desse anime é tão surreal, que eu realmente não consegui ver um episódio sem fazer caretas engraçadas para tudo que acontecia, claro, também tem seu lado sério, no cenário atual, One Punch veio para " AINDA TEM ANIME BOM PELA FRENTE MINNA".

Menções honrosas: 

Ore monogatari
Anime original, top, vale muito ver, só não ta no top pois seria top 11.

Bokura ga ita
Shoujo lindo, de arrancar os cabelos com as unhas, principalmente se decidir ler o mangá ;D

Mirai Nikki
Apesar dos pesares, é um clássico, e muito marcante no mundo dos animes, e eu gostava bastante, então acho justo menciona-lo.

Menções que quase foram menções honrosas qqq

Fairy Tail 
Acompanho e gosto, mas só gosto, é um anime que eu gosto muito, muito mais dos personagens do que da história em si.

Magi 
Acabei de começar a ver, e tem me impressionado bastante, logo farei uma introdução e-e